quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Do imutável

Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava. E amava...
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava.
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava.
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava.
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava.
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava.
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava.
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava.
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava.


E, dito que amava Rita que amava o dito que amava Rita que amava. E amava... E amava toda a quadrilha também.

2 comentários:

Elis disse...

Que divertido esse amor todo! hehehehehehe!
Abraço.
Elis.

Lory L. disse...

"E a gente sua... (...) E continua..."

Ai, ai...