segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Chasing pavements

"Com pedras construí um gargalo
no horizonte do meu tempo...


...

2006
“... E o fim de nossa viagem será
chegar ao lugar de onde partimos.
E conhecê-lo então pela primeira vez.”

(T. S. Eliot)

2007
“Eis o momento! Começando
nesta porta, um longo e eterno
caminho mergulha no passado:
atrás de nós está uma eternidade!
Não será verdade que todos
os que podem andar têm de já
ter percorrido este caminho?”

(F. Nietzsche)

2008 / 1º
“O que foi, é o que há de ser; e o
Que se fez, isso se tornará a
Fazer: nada há, pois, novo debaixo do sol”

(Eclesiastes 1.9)

2008 / 2º
“A melodia que não havia
se agora a lembro
faz-me chorar.”

(R. Alves)

...

... Torno a me encalhar
para presentear de ausência
um porto sem embarcações,
a quem partir."

Um comentário:

Elis disse...

Presentear com a ausência é uma virtude de poucos ...
Sadades daqui!
Bjs da Elis.